quinta-feira, 8 de junho de 2017

" GAPE PARTICIPA DE PALESTRA NA CIDADE DE TIETÊ ".

 Instituições de Segurança Pública da Região Promovem Evento Comunitário.


Os agentes do Projeto GAPE (Grupamento de apoio e prevenção da Educação) da Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista/SP, participaram na manhã dessa quinta-feira (08/06) de um evento realizado pela Polícia Militar do Município de Tietê/SP, o convite partiu da Guarda Civil Municipal de Tiete precisamente do GCM Almeida do GOE (Grupamento de Operações Especiais). 
A Polícia Militar de Tiete/SP através do PM Daniel e apoiadores vem desenvolvendo o programa JBA (Jovens Brasileiros em Ação) esse programa visa estimular o protagonismo juvenil através da prática da cidadania e da disseminação da formação de liderança, buscando preparar os jovens para o exercício de compreender direitos e deveres na escola e na comunidade, abordando de forma prática assuntos ligados à segurança, inclusão social e a cidadania.
Os agentes da GCM de Laranjal Paulista (Inspetor Lopes, GCM Pedroso, GCM Faulim e GCM Cláudio) contribuíram com duas palestras: “Justiça Restaurativa e Cultura de Paz, e Qualidade de Vida com Prevenção ao Uso Nocivo de Drogas”. 
Os GCMs de Tiete Mizael, Almeida e Rogério, juntamente com os cães TP e Apolo fizerem apresentações de “Dog Show e Cão de Faro”.
Essa integração regional das instituições de segurança tem por finalidade agregar valor ao policiamento comunitário, com ações onde a comunidade participa efetivamente do contesto de segurança pública, novos eventos dessa natureza estão sendo planejados para região quem vem trabalhando muitos para o desenvolvimentos de praticas comunitárias de segurança.

Link de Fotos do Evento: https://www.facebook.com/gapegtran.gcm/media_set?set=a.1972314806336045.1073741891.100006726334961&type=3&uploaded=59

Fonte: Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista

Gcm Cláudio Raimundo / Laranjal Paulista / SP

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista participa de palestra na Semana em Comemoração do Dia do Meio Ambiente.

Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista participa de palestra na Semana em Comemoração do Dia do Meio Ambiente.

 Ações marcam a Semana do Meio Ambiente


Entre os dias 5 e 10 de junho, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, será realizada em Laranjal Paulista uma série de eventos que abrange um ciclo de palestras em escolas municipais, plantio de mudas nativas entre outros eventos.
Organizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, a semana dedicada à educação ambiental tem como objetivo, além de celebrar o 5 de junho, sensibilizar a população Laranjalense quanto à importância de preservar os recursos naturais.

A Prefeitura de Laranjal Paulista, por meio da Secretaria de Meio Ambiente em parcerias com a Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista, coordenado pela equipe GAPE – Grupamento de Apoio e Prevenção a Educação e a Guarda Civil Municipal de Botucatu com a equipe GPA – Grupo de Proteção Ambiental, realizou na Escola Domingos Fuglini, nesta quarta feira 07/06/2017, Palestra com o tema “Queimada Urbana”, Palestrante: Inspetor Carlos e Gcm Lazarini da GCM de Botucatu, para os alunos do ensino fundamental II com a participação dos professores e funcionários da escola.


Na palestra realizada durante o dia, o Inspetor Carlos enfatizou a importância da conscientização sobre alguns cuidados preventivos para que não ocorram queimadas, orientou como agir em casos de pequenos focos, para que não se tornem incêndios de grandes proporções.


Estiveram presentes o secretário municipal Vicentinho (Meio Ambiente), Eliane Fulini (Diretora da escola Domingos Fuglini), Comandante Roseval e Sub-Comandante Leandro na companhia dos agentes da Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista(GCMLP) Inspetor Lopes e Cláudio.
Fonte: Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista

GCM CLÁUDIO RAIMUNDO/LARANJAL PAULISTA/SP

terça-feira, 9 de maio de 2017

Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista em parceria com a Secretaria da Educação estão realizando Palestras nas Escolas da Rede Municipal, com o tema “Os Perigos do Uso do Cerol”.

Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista em parceria com a  Secretaria da Educação estão realizando Palestras nas Escolas da Rede Municipal, com o tema “Os Perigos do Uso do Cerol”. 

Iniciou-se na data de hoje 08/05/2017 nas escolas municipais do ensino básico infantil, palestras referentes ao uso do cerol, seus riscos e consequências. As palestras estão sendo ministradas a alunos dos 5º anos e fazem parte da Campanha Nacional “Cerol Não” e foi desenvolvido e adaptado para o público infantil laranjalense pela Guarda Civil Municipal.
Durante as palestras, ministradas pelo GCM Cláudio, são feitos uso de vídeos e projetores que têm a finalidade de passar o tema de forma mais lúdica e divertida às crianças, sendo ministrados temas como riscos relacionados ao cerol e à linha chilena, que é quatro vezes mais cortante que a linha com Cerol, potencializando os seus efeitos e também os riscos com o seu uso.  Atualmente, a falta de educação e orientação tanto dos pais como dos filhos, fez da brincadeira inocente de empinar pipas, um risco às pessoas que fazem uso de vias públicas, sendo os motociclistas e ciclistas as suas maiores vítimas, além do grande risco que trazem ao serem empinadas perto de linhas de transmissão de energias, pois também podem acarretar choques elétricos e rompimentos de fios.
No estado de São Paulo, o uso, fabricação e comercialização de Cerol, Cortante ou similares em linhas de pipas e papagaios são proibidos por lei devido ao seus potenciais riscos à vida e à integridade física.
Segundo a GCM, o problema não é a brincadeira, mas sim o uso de substâncias cortantes na linha utilizada para colocar a pipa ou papagaio no céu, o que a torna um instrumento eficaz para trazer riscos às pessoas. Apesar da iniciativa da Guarda Civil Municipal em orientar as crianças sobre a forma correta de se brincar, cabe aos seus responsáveis educá-los, evitando que seus filhos façam o uso de linhas cortantes durante as brincadeiras.

Escolas e instituições que desejam ter palestras desse tema dirigido aos seus alunos e empresas podem entrar em contado com a Guarda Civil Municipal pelo telefone (15) 3283-1007.  A população pode colaborar com a diminuição do uso do Cerol denunciando através do telefone 199 da GCM.
Quem quiser receber mais orientações sobre o tema ou sobre a campanha nacional “Cerol Não”, pode acessar o site www.cerol.com.br.

Fonte: Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista.
GCM CLÁUDIO RAIMUNDO / LARANJAL PAULISTA / SP

sábado, 29 de abril de 2017

"GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE LARANJAL PAULISTA ESTEVE PRESENTE NA CIDADE DE BOITUVA PARTICIPANDO DE PALESTRA."

"GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE LARANJAL PAULISTA ESTEVE PRESENTE NA CIDADE DE BOITUVA PARTICIPANDO DE PALESTRA."

Na noite de  27/04/17, os GCMs Comandante Roseval, Sub Comandante Leandro, Inspetor Ghiraldi e GCM Cláudio, da cidade de Laranjal Paulista,  estiveram pela cidade de Boituva participando da palestra "A importância das Guardas Municipais na segurança pública", representando a  Guarda Civil  Municipal .




 Na oportunidade, protocolaram entrega de Oficio solicitando ao nobre Deputado Estadual Chico Sardelli, que seja viabilizado recursos financeiros através de emenda parlamentar para fins especifico de estruturação e equipamentos para o aparelhamento e aperfeiçoamento dos profissionais da Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista para melhor servir a população laranjalense, para que isso se torne realidade é necessário que fosse disponibilizado recursos para viabilização desse projeto.
O evento contou com a participação de representantes de diversas Guardas Civis paulistas, especialmente de duas importantes lideranças da causa azul marinho no estado de São Paulo, o Deputado Estadual Chico Sardelli, coordenador da Frente Parlamentar em defesa das Guardas Municipais do estado de São Paulo e seu assessor parlamentar, o Inspetor GCM da cidade de São Paulo Carlinhos Silva, também notório defensor de nossas demandas nas mais variadas esferas. 

O palestrante convidado, Dr. Marcos Paulo, mestre em Direito e consultor jurídico da Frente Parlamentar explanou sobre o regime jurídico das Guardas Civis Municipais, especialmente sobre a Lei 13022, respondeu perguntas e esclareceu dúvidas dos convidados. O deputado Chico Sardelli falou de seus projetos voltados a nossa categoria em âmbito estadual, como a elaboração de emendas parlamentares que destinam recursos às Guardas Civis e também sobre sua articulação junto a representantes federais para a retirada das Guardas Civis brasileiras da PEC 287, que trata da Reforma da Previdência. Na oportunidade pudemos estreitar relações com estas destacadas lideranças , onde o parlamentar colocou seu gabinete à disposição de nossas demandas.


Fonte: Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista


GCM CLÁUDIO RAIMUNDO / LARANJAL PAULISTA / SP

segunda-feira, 27 de março de 2017

GCM DE LARANJAL PAULISTA FOI UM DOS DESTAQUES NO SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE JUSTIÇA RESTAURATIVA EM SÃO PAULO

" GCM DE LARANJAL PAULISTA FOI UM DOS DESTAQUES NO SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE JUSTIÇA RESTAURATIVA EM SÃO PAULO ".  

Entre os dias 23 e 24 de março do corrente ano a Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista/SP,representou o município no Seminário Internacional de Justiça Restaurativa que aconteceu no Município de     São Paulo/SP. A Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista com a Equipe do projeto GAPE - Grupamento de Apoio e Prevenção a Educação formada pelos Gcms Cláudio, Faulim, Lopes, Pedroso, Cmt Roseval e Sub-Cmt Leandro, o evento foi realizado no auditório do GADE MMDC localizado  na av. Ipiranga. O Seminário Internacional de Justiça Restaurativa Teve como tema - Dialogando para Transformar Realidades, evento de  realização do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, por meio de sua Coordenadoria da Infância e da Juventude, da Escola Paulista da Magistratura, da Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania de São Paulo e do Consulado Geral do Canadá em São Paulo, com o apoio da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), do Instituto Paulista de Magistrados (IPAM), da Associação Paulista de Magistrados (APAMAGIS) e de Terre des hommes (Tdh).


O Projeto de Justiça Restaurativa iniciou-se em Laranjal Paulista por meio da Secretaria de Educação com apoio do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, com a coordenação da Guarda Civil Municipal, que já desenvolve um trabalho social no Município, denominado “Laranjal Contra as Drogas”.
Segundo os GCMs, o projeto Justiça Restaurativa possui caráter universal, podendo a metodologia ser aplicada na resolução de conflitos ou outros tipos de convivência de maneira mais humanizada, em que vítima e agressor podem se olhar de frente e com o apoio dos guardiões, devidamente capacitados, entrar num entendimento justo e humano. Explicaram ainda que a meta principal deste projeto é atuar na prevenção, evitando que o jovem cometa atos violentos. Com o apoio efetivo da comunidade esse projeto visa ainda um modelo novo de policiamento, onde os GCMs buscam dentro da comunidade resoluções simples de conflito, que faz a diferença em termos de segurança pública. Os GCMs ainda ressaltam que a segurança pública, para ser eficiente, necessita do envolvimento da comunidade.
Em Laranjal Paulista foram capacitados 65 guardiões de Justiça Restaurativa pela Consultora Monica Mumme do Laboratório de Convivência. Dentre esses guardiões existem funcionários de todas as secretarias da prefeitura.
Laranjal Paulista além de ser polo irradiador de Justiça Restaurativa, reconhecido pelo Tribunal de Justiça, também criou um Núcleo Interinstitucional de Justiça Restaurativa (Município), que é o segundo do Estado. O núcleo tem como finalidade principal articular a rede pública para que os processos circulares tenham seus combinados devidamente cumpridos.
A GCM de Laranjal é a primeira instituição de Segurança Pública do país a trabalhar com o Projeto de Justiça Restaurativa. 


Em SP o Seminário teve como tema “Dialogando para Transformar Realidades”; Três Cidades puderam compartilhar suas experiências com Justiça Restaurativa e Laranjal foi uma das cidades-destaque no evento, apresentando a Oficina - A diversidade do Estado de São Paulo – vivências e práticas: resultados que trazem reflexões e certezas Polo irradiador de Justiça Restaurativa de Laranjal Paulista: a experiência com a Guarda Civil Municipal Alexandro Pedroso de Souza e Luis Alexandre Faulim – guardas civis municipais e coordenadores do Núcleo Interinstitucional de Justiça Restaurativa do Município de Laranjal Paulista
Polo irradiador de Justiça Restaurativa de Santos: política pública e interinstitucionalidade
Liliane Claro de Rezende – coordenadora operacional do Programa Justiça Restaurativa da Secretaria de Educação do Município de Santos
Polo irradiador de Justiça Restaurativa de Tatuí: Poder Judiciário e comunidade
Marcelo Nalesso Salmaso – juiz de Direito titular da Vara do Juizado Especial Cível e Criminal e da Infância e da Juventude e coordenador do Núcleo da Justiça Restaurativa da Comarca de Tatuí/SP e integrante da CIJ/TJSP.

Juízes e Promotores de todo país participaram do evento, além de palestrantes internacionais os Canadenses  Dorothy Vaandering – professora associada na Faculdade de Educação da Memorial University em Newfoundland e Labrador - palestrando Educação Vivendo a mudança de paradigmas pessoal e profissionalmente – a contribuição de Paulo Freire e Aaron Lyon – mestre em Transformação de Conflitos, facilitador, capacitador e mediador especializado em questões de Justiça e responsabilidade palestrando Justiça Restaurativa aplicada aos crimes de maior potencial ofensivo – experiência canadense. 

Estiveram presentes ainda autoridades do nosso município, como o Prefeito Dr. Alcides de Moura Campos, a Juíza de Direito Dra. Eliane Cristina Cinto, Secretário de Finanças Luciano Marson, Secretária da Educação Claudélia Miranda Valente Mantovani, os vereadores Dr. José Francisco de Moura Campos , Cláudia Regina Martins e demais funcionários da Rede do nosso Município.


A oficina de Laranjal iniciou-se com a apresentação do Projeto GAPE e seus integrantes  Dra. Eliane Cristina Cinto – Juíza de Direito que dispôs sobre Justiça Restaurativa;  e o GCM Alexandro Pedroso de Souza  relatando sobre a humanização do agente de segurança, sobre o Núcleo Interinstitucional de Justiça Restaurativa, estatística, experiências em processos circulares e Segurança Pública e Justiça Restaurativa.
O evento foi considerado um sucesso,  no encerramento com a participação de todos os presentes montou-se um enorme circulo humano para celebrar o encontro. 






GCM CLÁUDIO RAIMUNDO / LARANJAL PAULISTA / SP


quarta-feira, 22 de março de 2017

" GCM DE LARANJAL PAULISTA PARTICIPA DE SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE JUSTIÇA RESTAURATIVA EM SÃO PAULO ".

" GCM DE LARANJAL PAULISTA PARTICIPA DE SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE JUSTIÇA RESTAURATIVA EM SÃO PAULO ".  

A Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista com a Equipe do projeto GAPE - Grupamento de Apoio e Prevenção a Educação formada pelos Gcms Cláudio, Faulim, Lopes, Pedroso, Cmt Roseval e Sub-Cmt Leandro, tem o privilegio de comunicar que estará participando nos dias 23 e 24 de Março de 2017 na Cidade de São Paulo no auditório do GADE MMDC na av. Ipiranga do Seminário Internacional de Justiça Restaurativa - Dialogando para Transformar Realidades, evento de  realização do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, por meio de sua Coordenadoria da Infância e da Juventude, da Escola Paulista da Magistratura, da Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania de São Paulo e do Consulado Geral do Canadá em São Paulo, com o apoio da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), do Instituto Paulista de Magistrados (IPAM), da Associação Paulista de Magistrados (APAMAGIS) e de Terre des hommes (Tdh).

Veja a programação
Dia 23/3
8 às 9h – Credenciamento

9 às 9h30 – Mesa de abertura
9h30 às 9h50 – Apresentação do seminário
Egberto de Almeida Penido – juiz titular da 1ª Vara Especial da Infância e Juventude da Capital/SP e integrante da CIJ/TJSP responsável pela área de Justiça Restaurativa
Dina E. Thrascher – assessora de imprensa e diplomacia pública do Consulado Geral do Canadá em São Paulo

9h50 às 11h30 – Ancestralidade
Erna Thecla Maria Hakvoort – juíza de Direito titular da 1ª Vara do Juizado Especial Cível da Comarca de Sorocaba/SP e integrante da CIJ/TJSP
Rita de Cássia Rocha Coelho de Oliveira – psicóloga e psicoterapeuta há 40 anos e facilitadora em grupos de autoconhecimento
Exposição: Culturas ancestrais
Apresentação artístico-cultural

11h30 às 12h – O histórico da edição da Resolução 225 do Conselho Nacional de Justiça
Bruno Ronchetti de Castro – juiz de Direito titular da Vara do Juizado Especial Cível e Criminal de Botucatu/SP e conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)

12 às 12h30 – Justiça Restaurativa como política pública
Egberto de Almeida Penido – juiz titular da 1ª Vara Especial da Infância e Juventude da Capital/SP e integrante da CIJ/TJSP responsável pela área de Justiça Restaurativa
Andrea Svicero – assistente social, supervisora do serviço de Justiça Restaurativa da CIJ/TJSP

12h30 às 14h – Intervalo para almoço

14 às 16h – Educação
Vivendo a mudança de paradigmas pessoal e profissionalmente – a contribuição de Paulo Freire
Dorothy Vaandering – professora associada na Faculdade de Educação da Memorial University em Newfoundland e Labrador

16 às 16h30 – Coffee break

16h30 às 18h – Justiça Restaurativa aplicada aos crimes de maior potencial ofensivo – experiência canadense
Aaron Lyon – mestre em Transformação de Conflitos, facilitador, capacitador e mediador especializado em questões de Justiça e responsabilidade
18 às 18h – Encerramento com apresentação de grupo de arte Hip Hop e grafitagem
Dia 24/3
8 às 9h – Credenciamento

9 às 9h20 – Fala de introdução
9h20 às 11h – Processos formativos: como promover o aprendizado sobre Justiça Restaurativa
Lastênia Soares de Lima – diretora de programa de Justiça Juvenil Restaurativa de Terre des hommes no Brasil
Vânia Curi Yasbek – integrante da equipe Justiça em Círculo, capacitadora licenciada pelo Instituto Latino-americano de Práticas Restaurativas
Petronella Maria Boonen – fundadora da linha de Práticas Restaurativas do Centro de Direitos e Educação Popular de Campo Limpo
Lia Diskin – presidente do Conselho Deliberativo da Associação Palas Athena

11 às 12h – Justiça Restaurativa no Brasil
Experiências de Justiça Restaurativa no Estado do Rio Grande do Sul
Leoberto Narciso Brancher – juiz de Direito e coordenador do Programa Justiça Restaurativa para o Século 21 do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Experiências de Justiça Restaurativa no Estado de Pernambuco
Marcelo Pelizzoli – professor nos mestrados em Direitos Humanos e em Saúde Coletiva e coordenador do Espaço de Diálogo e Reparação da Universidade Federal de Pernambuco

12 às 12h30 – Debates
12h30 às 14h – Intervalo para almoço
14 às 15h30 – A diversidade do Estado de São Paulo – vivências e práticas: resultados que trazem reflexões e certezas
Polo irradiador de Justiça Restaurativa de Laranjal Paulista: a experiência com a Guarda Civil Municipal
Alexandro Pedroso de Souza e Luis Alexandre Faulim – guardas civis municipais e coordenadores do Núcleo Interinstitucional de Justiça Restaurativa do Município de Laranjal Paulista
Polo irradiador de Justiça Restaurativa de Santos: política pública e interinstitucionalidade
Liliane Claro de Rezende – coordenadora operacional do Programa Justiça Restaurativa da Secretaria de Educação do Município de Santos
Polo irradiador de Justiça Restaurativa de Tatuí: Poder Judiciário e comunidade
Marcelo Nalesso Salmaso – juiz de Direito titular da Vara do Juizado Especial Cível e Criminal e da Infância e da Juventude e coordenador do Núcleo da Justiça Restaurativa da Comarca de Tatuí/SP e integrante da CIJ/TJSP

15h30 às 16h – Debates

16h às 16h30 – Coffee break

16h30 às 17h30 – Reflexões sobre as experiências de Justiça Restaurativa no Brasil
Aaron Lyon – mestre em Transformação de Conflitos, facilitador, capacitador e mediador especializado em questões de Justiça e responsabilidade
Dorothy Vaandering – professora associada na Faculdade de Educação da Memorial University em Newfoundland e Labrador

17h30 às 18h – Perguntas
18 às 18h20 – Mesa de encerramento
18h20 às 18h30 – Apresentação artística

GCM CLÁUDIO RAIMUNDO / LARANJAL PAULISTA / SP

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

POLICIA MILITAR DE CONCHAS COM APOIO DE FORÇAS DE SEGURANÇA DA REGIÃO RECUPERARAM GADOS ROUBADOS DE FAZENDA NO MUNICÍPIO DE CONCHAS.


POLICIA MILITAR DE CONCHAS COM APOIO DE FORÇAS DE SEGURANÇA DA REGIÃO RECUPERARAM GADOS ROUBADOS DE FAZENDA NO MUNICÍPIO DE  CONCHAS.


Na noite de ontem, 11NOV16, após denúncia via rede radio Copom,   viaturas de conchas auxiliadas pelas forças de segurança  da região, prende indivíduos por roubo de gado e recupera 34 (trinta e quatro) cabeças de gado roubadas. Policiais militares de Conchas receberam informação de que indivíduos, mediante o uso de armas,  haviam rendido funcionários e roubado gado de uma fazenda de confinamento bovino localizada pela Estrada do Porto do município. Rapidamente os militares fizeram contato com as polícias militares e guardas municipais dos municípios vizinhos para realização do cerco policial. Em certo momento os agentes da Lei receberam uma denúncia de onde as carretas poderiam estar. Os policiais deslocaram até o local onde obtiveram êxito em abordar três caminhões (carretas) com 34 (trinta e quatro) cabeças de gado. Os motoristas haviam acabado carregar o gado e até o momento não sabiam sobre o crime, os militares também chegaram a mais dois indivíduos da região de Marília e um terceiro de Conchas. Segundo informações os indivíduos foram até a fazenda a tarde a fim e negociarem o gado, solicitando que o gado fosse apartado para ser carregado. No período da noite os meliantes teriam chegado e anunciaram o roubo. O gado estava sendo levado para o município de Tupa. Os policiais prenderam em flagrante três criminosos, recuperaram 34 (trinta e quatro) cabeças de gado, apreenderam três caminhões, e ainda dois veículos envolvidos com o roubo. Contem com a Polícia Militar. Favor divulgar!  
Agentes envolvidos na ocorrência,  Sd Pm Rafael Conchas, Sd Pm Felipe e Sd Pm Mendonca, apoiaram nesta as viaturas PM Laranjal Paulista,  Pereiras,  Anhembi, Piracicaba e as Guardas Civis de Laranjal e Piracicaba...o apoio de todos foi fundamental!


Nota sobre a ocorrência: Senhores eu estava acompanhando o empenho das forças de segurança nesta ocorrência  de roubo de gado, foi lindo de ver os municípios se unirem e cada um usando os meios de comunicação que nós temos em mãos, principalmente os grupos do aplicativo whats ap de Segurança Pública, foi de grande importância pra o desfecho com êxito nessa ocorrência, isso demonstra para todos, que não interessa a cor da farda e qual cidade trabalhamos, ficou provado mais uma vez que " JUNTOS SOMOS FORTES". Parabéns a TODOS pelo empenho e profissionalismo.

FONTE: WHATS AP SEGURANÇA PÚBLICA DE LARANJAL PAULISTA

GCM CLÁUDIO RAIMUNDO / LARANJAL PAULISTA / SP