terça-feira, 21 de novembro de 2017

Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista em parceria com a Secretaria da Educação inicia Palestras nas Escolas da Rede Municipal, com o tema “Os Perigos do Uso do Cerol”.

Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista em parceria com a  Secretaria da Educação inicia Palestras nas Escolas da Rede Municipal, com o tema “Os Perigos do Uso do Cerol”. 
Iniciou-se na data de hoje 21/11/2017 nas escolas municipais do ensino básico infantil, palestras referentes ao uso do cerol, seus riscos e consequências. As palestras estão sendo ministradas a alunos dos 5º anos e fazem parte da Campanha Nacional “Cerol Não” e foi desenvolvido e adaptado para o público infantil laranjalense pela Guarda Civil Municipal.
Durante as palestras, ministradas pelo GCM Cláudio Raimundo, são feitos uso de vídeos e projetores que têm a finalidade de passar o tema de forma mais lúdica e divertida às crianças, sendo ministrados temas como riscos relacionados ao cerol e à linha chilena, que é quatro vezes mais cortante que a linha com Cerol, potencializando os seus efeitos e também os riscos com o seu uso.  Atualmente, a falta de educação e orientação tanto dos pais como dos filhos, fez da brincadeira inocente de empinar pipas, um risco às pessoas que fazem uso de vias públicas, sendo os motociclistas e ciclistas as suas maiores vítimas, além do grande risco que trazem ao serem empinadas perto de linhas de transmissão de energias, pois também podem acarretar choques elétricos e rompimentos de fios.
No estado de São Paulo, a Lei Nº. 12.192, de 06 de janeiro de 2006,  proibe o  uso, a fabricação e comercialização de Cerol, Cortante ou similares em linhas de pipas e papagaios,  devido ao seus potenciais riscos à vida e à integridade física.
Laranjal Paulista conta com a Lei Municipal Nº. 3.126 de 08 de março de 2016, que dispõe sobre a proibição do uso, estocagem e/ou comercialização de " CEROL " ( mistura de cola e vidro moído ou pó de ferro) e produtos similares no Municipio de Laranjal Paulista e dá outras providências. 

Segundo o GCM Cláudio Raimundo coordenador pedagogico do projeto, o problema não é a brincadeira, mas sim o uso de substâncias cortantes na linha utilizada para colocar a pipa ou papagaio no céu, o que a torna um instrumento eficaz para trazer riscos às pessoas. Apesar da iniciativa da Guarda Civil Municipal em orientar as crianças sobre a forma correta de se brincar, cabe aos seus responsáveis educá-los, evitando que seus filhos façam o uso de linhas cortantes durante as brincadeiras.
Escolas e instituições que desejam ter palestras desse tema dirigido aos seus alunos e empresas podem entrar em contado com a Guarda Civil Municipal pelo telefone (15) 3283-1007.  A população pode colaborar com a diminuição do uso do Cerol denunciando através do telefone 199 da GCM.
Quem quiser receber mais orientações sobre o tema ou sobre a campanha nacional “Cerol Não”, pode acessar o site www.cerol.com.br.

Fonte: Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista.
GCM CLÁUDIO RAIMUNDO / LARANJAL PAULISTA / SP

sábado, 2 de setembro de 2017

Torneio de pipa e piquenique garante diversão em dia ensolarado de alunos da rede municipal de educação de Laranjal Paulista/SP.

Torneio de pipa e piquenique garante diversão em dia ensolarado de alunos da rede municipal de educação de Laranjal Paulista/SP.

Foi dia também de conscientização. Evento encerrou Operação da Guarda Civil Municipal (GCMLP) do primeiro semestre. Saiba o que diz a lei
Não podia amanhecer um dia mais perfeito e propício que nesta sexta-feira (01/09/2017), para o  Torneio de Pipa e piquenique realizado no Clube CRC, em Laranjal Paulista.
Lá é um lugar propício para a diversão da garotada. As organizadoras do evento diretora Eliane Fulini e a coordenadora pedagógica Katia Zanardo da escola municipal Domingos Fuglini ,  com apoio e participação do Guarda Civil Municipal (GCM) Cláudio Raimundo, reforçaram as orientações do assunto do momento no Município. O uso de pipa com cerol e linha chilena, um risco para quem usa e para quem pode se ferir, com consequências que podem deixar sequelas e até custar uma vida. O clube  ficou cheio,  tinha pipa de tudo quanto é jeito e formatos que chamaram a atenção.
Alguns dos participantes não tem o hábito de soltar pipas, mas a maioria adora se divertir com a brincadeira e revelam que não usam cerol. No meio do evento, um adolescente foi flagrado utilizando linha chilena, o GCM Cláudio Raimundo fez a apreensão do material cortante e pediu que as crianças tomem cuidado, que não usem cerol para não tirar a vida de quem curte bons momentos e ou precisa trabalhar nas motocicletas.
Com dias com mais ventos, a temporada de pipas no céu é aberta.  Uma brincadeira de criança, mas também de adultos que pode trazer muitos prejuízos quando entra em cena o cerol. Uma mistura de cola e vidro moído usada para “encerar” as linhas e tem como objetivo cortar a pipa adversária.
Sem falar nas modernas linhas chilenas, coloridas com cores variadas. Mas a brincadeira despretensiosa pode causar sérios danos, principalmente aos motociclistas e motoqueiros, vítimas em potencial das linhas enceradas.
Operação contra o cerol
Projeto “Pipa Feliz, É Sem Cerol”. Este é o nome da ação que a Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista(GCMLP) realiza através do GAPE- Grupamento de Apoio e Prevenção a Educação. A Corporação já tem mapeada os locais onde as crianças e adolescentes costumam ficar soltando pipas e desde o inicio do ano vêm  monitorando e averiguando quem está com as linhas cortantes.
O comandante Roseval Wilson afirmou que ações educativas e sociais contribuem com a construção de um mundo melhor. A diferença no ato que visa preservar vidas, vai substituir as linhas cortantes por linha “pura”. Para cada uma recolhida, a criança irá receber outra que não oferece risco. Através do telefone 199 e (15) 3283-1007 é possível fazer denúncias.
Existem muitas dúvidas quanto ao assunto se refere ao uso do cerol ou das linhas cortantes. Causar acidente ou ferir alguém pode provocar uma prisão. Isto é crime e qual a pena. São perguntas assim, que o GCM Cláudio Raimundo coordenador pedagógico do projeto GAPE costuma  responder quando a corporação e questionada.
Existe alguma lei que proíbe soltar pipas utilizando cerol? 
Sim, em Laranjal Paulista existe Lei nº 3.126 de 08 de março de 2016 - "Dispõe sobre a proibição do uso, estocagem e/ou comercialização de "Cerol",  proibi a utilização de cerol ou produto industrializado nacional ou importado semelhante que possa ser aplicado nos fios ou linhas utilizados para manusear os brinquedos conhecidos como “pipas ou papagaios”. 

Usar cerol é crime?
Embora ainda não exista um tipo penal específico em nosso Código Penal Brasileiro em relação ao uso do cerol, importante salientar, que se o infrator for maior de idade e dependendo da ocorrência, ele poderá responder nas penas do Art. 132 do Código Penal que diz: “Expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente: Pena – detenção, de três meses a um ano, se o fato não constitui crime mais grave.”
Por qual Ato Infracional responde o menor que é flagrado soltando pipa com cerol?
O menor flagrado utilizando pipa com cerol será encaminhado ao Conselho Tutelar da cidade, que irá analisar as condições da ocorrência para posteriormente decidir pelo registro do ato infracional na Delegacia de Polícia.
O que pode acontecer?
Se sobrevier morte da vítima atingida pelo material cortante, o adolescente poderá ser apreendido em flagrante. Caso o menor tenha idade superior a 12 anos, estará sujeito ao cumprimento de medidas socioeducativas, dentre elas a advertência, obrigação de reparar o dano, prestação de serviços à comunidade, liberdade assistida, semiliberdade e internação, dependendo da gravidade do fato.
Há uma pena?
Como dito antes, o infrator poderá responder nas penas do Art. 132 do CP (se maior), bem como, se ocorrer Lesão Corporal que, em via de regra é de natureza grave, o Crime Previsto é o do Art. 129 do Código Penal, que prevê pena, reclusão de um a cinco anos se o crime resulta em incapacidade para as ocupações habituais, por mais de 30 dias; perigo de vida; debilidade permanente de membro, sentido ou função; aceleração de parto e se resultar, incapacidade permanente para o trabalho, enfermidade incurável; perda ou inutilização do membro, sentido ou função; deformidade permanente ou aborto, a pena é de reclusão, de dois a oito anos. Se menor, estará sujeito ao cumprimento de medidas socioeducativas descritas acima previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente. Não obstante, poderá responder também por crimes ambientais de acordo com a Lei 9.605/98 no caso de acidente com animais.
O que uma pessoa que foi ferida deve fazer ao se envolver um acidente com este material?
O primeiro passo é o atendimento médico e logo após se possível, identificar o infrator e chamar a guarda civil municipal ou a polícia para o registro da ocorrência para que seja tomada as providências cabíveis.
Os pais podem ser responsabilizados?
Sim, se o menor for flagrado na prática dessa atividade, será encaminhado ao Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente para as providências cabíveis em relação aos pais ou responsável legal do menor.
Link: para mais fotos do evento: https://www.facebook.com/gapegtran.gcm/media_set?set=a.2017426855158173.1073741892.100006726334961&type=3
Fonte: GCM de Laranjal Paulista /SP
GCM CLÁUDIO RAIMUNDO / LARANJAL PAULISTA / SP

quarta-feira, 5 de julho de 2017

GCM faz apreensão de pipa com cerol em dois bairros em Laranjal Paulista interior de SP.

 Ocorrências foram registradas nos bairros Alto dos Laranjais e Colinas dos Laranjais. Campanha visa coibir utilização de linha com Cerol e Chilena.

Em duas abordagens realizadas nesta terça-feira (04/07), a Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista (GCMLP), em patrulhamento preventivo pelo bairro da Alto dos Laranjais e no Colinas dos Laranjais, apreendeu 04 pipas e 07 latas de linha com cerol, que é uma mistura de cola com vidro moído.

Em plena campanha de combate ao uso do cortante, que é um perigo a motociclistas e transeuntes, a GCM mantém uma fiscalização mais intensa em áreas conhecidamente preferidas para a prática da brincadeira de empinar pipas. A campanha de conscientização “Pipa Feliz é sem Cerol” teve início em 10 de maio  nas escolas municipais com palestras de conscientização aos alunos do ensino fundamental e se estende até o retorno às aulas, em agosto.

Parte da ação aconteceu quando uma equipe do 'Patrulhamento preventivo', em ronda pela rua Mathias Pires de campos, avistou indivíduos soltando pipa. Ao notarem a aproximação dos guardas, alguns adolescentes fugiram deixando para trás três outros adolescentes que estavam em posse de latas de linha com cerol e 2 pipas. Todo o material foi apreendido os adolescentes qualificados e devidamente orientados sobre os Perigos do Uso do Cerol.

No mesmo dia, a  mesma  guarnição da GCM em patrulhamento pelo bairro vizinho abordou um grupo que também soltava pipas. Ainda acabou descobrindo que ali havia o uso do cerol. O trabalho dos guardas foi de orientação e explicação acerca dos perigos que o uso do produto pode significar, para o próprio usuário. Ali foram apreendidas 3 latas de linha com cerol e  2 pipas.

Em menos de um mês da campanha “Pipa feliz é Sem Cerol”, já foram registradas 10 ocorrências, com 7 latas de linhas com cerol apreendidas e 4 pipas recolhidas. Foram feitas mais de uma dezena de orientação e advertências.

Segundo as orientações do Gcm Cláudio coordenador do projeto " Pipa Feliz é Sem Cerol, soltar pipa é uma brincadeira divertida e muito bacana. Mas é importante brincar com responsabilidade. Por isso, na hora de soltar pipa:

- Escolha lugares abertos e longe da fiação elétrica, onde não haja grande acúmulo de pessoas;
- Nunca solte pipas perto de ruas e avenidas movimentadas. Há sempre o risco de atropelamento;
- Jamais solte pipas em áreas próximas de pistas de pouso e decolagem de aeronaves;
- Em hipótese alguma use cortante de qualquer natureza, principalmente o cerol e a linha chilena.

Para a Guarda Municipal, a população pode ser a grande parceria no combate ao uso do cortante. Para denunciar, o cidadão deve entrar em contato com os telefones  da GCM pelos telefones: (15) 3283-1007 e 199.
Fonte: Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista.

 GCM CLÁUDIO RAIMUNDO / LARANJAL PAULISTA / SP

segunda-feira, 26 de junho de 2017

MENOR INFRATOR PROCURADO É APREENDIDO PELA GCM DE LARANJAL PAULISTA/SP.

MENOR INFRATOR PROCURADO É APREENDIDO PELA GCM DE LARANJAL PAULISTA/SP.




Nesta manhã(26/06) Viatura 10 da Gcm de Laranjal Paulista com os patrulheiros Inspetor Lopes e Gcm Cláudio em incursão pelo bairro Pedro Zanela logrou êxito de encontrar menor M.H.F.Z 15 anos procurado da justiça  no município.
O adolescente infrator foi apresentado na delegacia de policia local e recolhido a Fundação Casa.
Fonte: GCM DE LARANJAL PAULISTA.


GCM CLÁUDIO RAIMUNDO/ LARANJAL PAULISTA/ SP

Guarda Municipal de Laranjal Paulista (SP) mantém os festejos juninos com mais segurança.

Guardas Civis Municipais de Laranjal Paulista realizando o monitoramento da festa de São João e prestando diversos atendimento.

                                                     Fotos: GCM de LARANJAL PAULISTA/SP


Em mais uma grande atuação de proteção aos cidadãos, ao patrimônio público e cultural, de segurança e patrulhamento em grandes eventos, a Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista realizou o videomonitoramento do evento para fazer a fiscalização e coibir atos ilícitos, assim como prevenir atos de violência e prestar atendimentos a população. Além do videomonitoramento da festa de São João que atrai muitos pessoas da região e visitantes de outros estados, a Guarda Civil Municipal está realizou o patrulhamento preventivo no evento, inclusive dando primeiros socorros as pessoas quando se deparam com algum tipo de ocorrência.
                                                                             Fotos: GCM de LARANJAL PAULISTA/SP

"Estamos trabalhando com todo nosso efetivo com muita dedicação e pleno esforço na qual nossa missão é buscar trazer mais tranquilidade, segurança e um São João de muita paz a todos os participantes do evento, onde estamos devidamente preparados para fazer o melhor para que todos possam curtir bastante a festa com total segurança, inclusive prestando os primeiros socorros quando necessário", disse o GCM Roseval Wilson, Comandante da Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista. 

Os festejos em Laranjal paulista teve início no dia 14 de junho, e foi até o domingo, dia 25 de junho, na qual foram doze dias de muita festa com diversas atrações no palco armado na principal praça da cidade.


Fonte: GCM de LARANJAL PAULISTA / SP.

GCM CLÁUDIO RAIMUNDO / LARANJAL PAULISTA / SP

quinta-feira, 8 de junho de 2017

" GAPE PARTICIPA DE PALESTRA NA CIDADE DE TIETÊ ".

 Instituições de Segurança Pública da Região Promovem Evento Comunitário.


Os agentes do Projeto GAPE (Grupamento de apoio e prevenção da Educação) da Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista/SP, participaram na manhã dessa quinta-feira (08/06) de um evento realizado pela Polícia Militar do Município de Tietê/SP, o convite partiu da Guarda Civil Municipal de Tiete precisamente do GCM Almeida do GOE (Grupamento de Operações Especiais). 
A Polícia Militar de Tiete/SP através do PM Daniel e apoiadores vem desenvolvendo o programa JBA (Jovens Brasileiros em Ação) esse programa visa estimular o protagonismo juvenil através da prática da cidadania e da disseminação da formação de liderança, buscando preparar os jovens para o exercício de compreender direitos e deveres na escola e na comunidade, abordando de forma prática assuntos ligados à segurança, inclusão social e a cidadania.
Os agentes da GCM de Laranjal Paulista (Inspetor Lopes, GCM Pedroso, GCM Faulim e GCM Cláudio) contribuíram com duas palestras: “Justiça Restaurativa e Cultura de Paz, e Qualidade de Vida com Prevenção ao Uso Nocivo de Drogas”. 
Os GCMs de Tiete Mizael, Almeida e Rogério, juntamente com os cães TP e Apolo fizerem apresentações de “Dog Show e Cão de Faro”.
Essa integração regional das instituições de segurança tem por finalidade agregar valor ao policiamento comunitário, com ações onde a comunidade participa efetivamente do contesto de segurança pública, novos eventos dessa natureza estão sendo planejados para região quem vem trabalhando muitos para o desenvolvimentos de praticas comunitárias de segurança.

Link de Fotos do Evento: https://www.facebook.com/gapegtran.gcm/media_set?set=a.1972314806336045.1073741891.100006726334961&type=3&uploaded=59

Fonte: Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista

Gcm Cláudio Raimundo / Laranjal Paulista / SP

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista participa de palestra na Semana em Comemoração do Dia do Meio Ambiente.

Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista participa de palestra na Semana em Comemoração do Dia do Meio Ambiente.

 Ações marcam a Semana do Meio Ambiente


Entre os dias 5 e 10 de junho, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, será realizada em Laranjal Paulista uma série de eventos que abrange um ciclo de palestras em escolas municipais, plantio de mudas nativas entre outros eventos.
Organizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, a semana dedicada à educação ambiental tem como objetivo, além de celebrar o 5 de junho, sensibilizar a população Laranjalense quanto à importância de preservar os recursos naturais.

A Prefeitura de Laranjal Paulista, por meio da Secretaria de Meio Ambiente em parcerias com a Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista, coordenado pela equipe GAPE – Grupamento de Apoio e Prevenção a Educação e a Guarda Civil Municipal de Botucatu com a equipe GPA – Grupo de Proteção Ambiental, realizou na Escola Domingos Fuglini, nesta quarta feira 07/06/2017, Palestra com o tema “Queimada Urbana”, Palestrante: Inspetor Carlos e Gcm Lazarini da GCM de Botucatu, para os alunos do ensino fundamental II com a participação dos professores e funcionários da escola.


Na palestra realizada durante o dia, o Inspetor Carlos enfatizou a importância da conscientização sobre alguns cuidados preventivos para que não ocorram queimadas, orientou como agir em casos de pequenos focos, para que não se tornem incêndios de grandes proporções.


Estiveram presentes o secretário municipal Vicentinho (Meio Ambiente), Eliane Fulini (Diretora da escola Domingos Fuglini), Comandante Roseval e Sub-Comandante Leandro na companhia dos agentes da Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista(GCMLP) Inspetor Lopes e Cláudio.
Fonte: Guarda Civil Municipal de Laranjal Paulista

GCM CLÁUDIO RAIMUNDO/LARANJAL PAULISTA/SP